Susto, pânico e destruição


Temporal atinge comunidade do interior de Dilermando de Aguiar

Um forte temporal associado à um sistema de baixa pressão atingiu parte do município de Dilermando de Aguiar nesta terça-feira, 30 de outubro. A chuva foi seguida de fortes ventos e com a queda de granizo. O vendaval e as fortes chuvas atingiram com maior intensidade o interior do município levando pânico aos moradores das localidades de Sotéia e Capão Grande. Durante a quarta-feira, 31, a secretária municipal de assistência social, Luciane Trindade, acompanhada da psicóloga, Danila de Lima, da agente comunitária de saúde, Graziela Camillo Bordim e do assessor de comunicação da prefeitura, Arlei Silveira estiveram visitando as comunidades para avaliar os danos e a atual situação.

As propriedades mais afetadas pelo fenômeno foram as de: Paulo Cezar Wagner; Gilceria Cavalheiro Nunes; Carlos Silveira; Solano Marzari; Antônio Carlos Silveira; Mário Brasil Silveira; e de Ivanita Righi Cechin. Nas propriedades, devido ao forte vento e à queda de granizo, houve destelhamento de casas (com perda total da cobertura), morte de animais devido a queda de postes e fios de alta tenção. Em alguns casos houve a perda total de galpões, quedas de arvores, destruição de hortas e cercas.

A família de Antônio Carlos teve perda total do galpão que armazenava produtos, sementes e fertilizantes. O granizo também deixou o automóvel da família totalmente amassado. "Perdemos tudo o que estava estocado. Foi tudo muito rápido. Não deu pra salvar nada", diz Rosane Silva. Na propriedade de Ivanita Cechin os fortes ventos derrubaram dois postes de energia matando duas vacas. Os fios não romperam-se e a residência seguiu com energia elétrica até a chegada de uma equipe da RGE Sul. Como os fios tocavam o chão havia o risco de choque elétrico. Já o morador Solano Marzari teve perda total do telhado de sua residência. Em estado de choque Solano diz granizo quebrou as vidraças e a chuva inundou a casa rapidamente.

Devido ao temporal, muitas residências permanecem, ainda, sem luz. Conforme o consultor de negócios da RGE Sul, Carlos Amorim, não previsão exata de retorno da energia elétrica na região atingida pelo temporal.

O prefeito municipal, Claiton Ilha (MDB), que está em Brasilia, solidariza-se com as famílias atingidas pelo evento climático e destaca que a prefeitura fará o que for necessário para dar auxílio aos atingidos. "Apesar do susto, felizmente nenhuma pessoa foi atingida, o que é sempre uma grande preocupação em fenômenos naturais", completou o prefeito. Em todos os casos a prefeitura prestou atendimento, fornecendo lonas e intermediando ações junto à RGE Sul, empresa responsável pela energia elétrica na região.

Outras famílias que, por ventura, foram atingidas também pelo temporal devem entrar em contato com a prefeitura municipal para assistência e verificação dos danos. O telefone de contato é 3612 4246.

Por: Arlei Silveira - Jornalista
Foto: Arlei Silveira
Assessoria de Comunicação - PMDA

Horário de Atendimento
Seg - Sex
Manhã 08:00 às 12:00
Tarde 13:00 às 17:00  
Fale Conosco
(55)3612-4246 
          
Endereço
Avenida Ibicuí, 1001
Dilermando de Aguiar- Rio Grande do Sul
Cep 97180 - 000 
© 2017 Prefeitura de Dilermando de Aguiar. Todos direitos reservados. Desenvolvido por Samuel Lautert Jardim - samuel@saopedronet.com.br